Estamos nas Redes

POLÍCIA

Carro usado na morte de Romarinho Mec é apreendido e suspeito é preso

Publicado

em

Após investigações das equipes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Augusto da Silva Campos Jacquiminout foi preso na manhã desta quarta-feira (13), em um condomínio, localizado no bairro Dom Pedro, na Zona Centro-Oeste de Manaus. Ele é apontado como um dos autores da morte do cantor Romário de Jesus, que tinha 27 anos, o “Romarinho Mec”, também conhecido como “Bruxo do Amazonas”. 

De acordo com o delegado Márcio André, adjunto da DEHS, os policiais chegaram até Augusto após a divulgação de imagens de câmeras de segurança, que mostraram o veículo utilizado na execução do cantor. 

“Pela placa identificamos que o veículo estava registrado no nome da mãe de Augusto, mas o carro era utilizado por ele. Realizamos diligências e identificamos que esse mesmo carro fez percursos semelhantes ao do carro do cantor, inclusive o trajeto de ida e volta ao município de Iranduba (distante 27 quilômetros de Manaus)”, explicou o delegado.

Carro usado pelo suspeito no assassinato do cantor

Em depoimento, Augusto negou qualquer participação no crime e disse que desconhecia o cantor e nunca integrou nenhuma facção criminosa. 

“O suspeito já foi preso quatro vezes, sendo duas vezes em 2014 por porte ilegal de arma de fogo, uma em 2016 por tráfico e em maio deste ano na cidade de Aparecida de Goiânia, no Estado de Goiás, também por tráfico. Ele foi solto no dia 18 de junho e retornou a Manaus”, declarou o delegado. 

O veículo da montadora Ford, de cor cinza, foi apreendido na operação e está no pátio da DEHS. O suspeito não reagiu à prisão e foi levado para exame de corpo de delito. O delegado preferiu não repassar mais informações, como o possível motivo da execução do cantor, para não atrapalhar a investigação, que segue em andamento.

Após os procedimentos cabíveis, ele deve ser encaminhado à Central de Recebimento e Triagem no quilômetro oito da rodovia federal BR-174. 

Fonte: Em tempo